Normas do comitê: AMN: ASSOCIAÇÃO MERCOSUL DE NORMALIZAÇÃO com a palavra-chave:MÁQUINA

29 registro(s) encontrado(s) em 0,115 segundos.

Concreto - Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM101 de 01/1996 - Concreto - Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos

Prescreve método de ensaio para determinação da resistência à compressão de corpos-de-prova cilíndricos de concreto.

Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO13852 de 05/2003 - Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores

Estabelece valores para distâncias de segurança, de modo a impedir acesso à zona de perigo, pelos membros superiores de pessoas com idade maior ou igual a três anos. Essas distâncias se aplicam quando, por si só, são suficientes para garantir segurança...

Segurança de máquinas - Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO13854 de 05/2003 - Segurança de máquinas - Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano

Permiti ao usuário (por exemplo, elaboradores de normas, projetistas de máquinas) evitar perigos em zonas de esmagamento. Especifica as folgas mínimas relativas às partes do corpo humano e é aplicável quando segurança adequada é obtida através deste mé...

Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO13853 de 11/2003 - Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores

Estabelece valores para distâncias de segurança, de modo a impedir acesso e obstruir o livre acesso à zonas de perigo, pelos membros inferiores de pessoas com idade maior ou igual a 14 anos.

Segurança de máquinas - Dispositivos de intertravamento associados a proteções - Princípios para projeto e seleção
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM273 de 12/2001 - Segurança de máquinas - Dispositivos de intertravamento associados a proteções - Princípios para projeto e seleção

Especifica os princípios para o projeto e seleção, independentemente da natureza da fonte de energia, de dispositivos de intertravamento associados à proteções.

Segurança de máquinas - Proteções - Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções fixas e móveis
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM272 de 12/2001 - Segurança de máquinas - Proteções - Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções fixas e móveis

Fixa requisitos gerais para o projeto e construção de proteções, desenvolvidas principalmente para a proteção de pessoas de perigos mecânicos.

Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra objetos cadentes - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho (ISO 3449:2005, IDT)
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO3449 de 09/2007 - Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra objetos cadentes - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho (ISO 3449:2005, IDT)

Especifica os ensaios de laboratório para medição das características estruturais e provê os requisitos de desempenho mediante um ensaio representativo de uma estrutura protetora contra objetos cadentes (FOPS).

Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 7: Exatidão da peça-teste acabada
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-7 de 12/1999 - Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 7: Exatidão da peça-teste acabada

Especifica uma série de ensaios de corte, sob condições de acabamento de peças-teste padronizadas, assim como as características e dimensões das mesmas. Tem a finalidade de fornecer requisitos mínimos para a avaliação da exatidão de corte da máquina. E...

Máquinas rodoviárias - Sistemas de frenagem de máquinas equipadas com pneus - Requisitos de sistemas e de desempenho e procedimentos de ensaio
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO3450 de 01/2001 - Máquinas rodoviárias - Sistemas de frenagem de máquinas equipadas com pneus - Requisitos de sistemas e de desempenho e procedimentos de ensaio

Especifica o desempenho mínimo e o critério de ensaio para sistemas de freio para possibilitar avaliação uniforme da capacidade de frenagem de máquinas rodoviárias que operam em canteiro de obras ou trafegam em vias públicas.

Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 4: Ensaios circulares para máquinas-ferramenta com comando numérico
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO230-4 de 12/2001 - Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 4: Ensaios circulares para máquinas-ferramenta com comando numérico

Especifica métodos de ensaio e avalia a histerese circular, o desvio circular e radial das trajetórias circulares que são produzidos pelos movimentos simultâneos de dois eixos lineares.

Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 1: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore horizontal e com cabeçotes acessórios (eixo Z - horizontal)
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-1 de 01/2002 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 1: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore horizontal e com cabeçotes acessórios (eixo Z - horizontal)

Aplica-se aos centros de usinagem que possuem basicamente 4 eixos comandados numericamente, dos quais 3 são lineares (X, Y e Z) até 2000 mm de comprimento e um é rotativo (B') , mas também refere-se aos movimentos suplementares como dos eixos árvores d...

Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra acidentes na capotagem - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO3471 de 12/1999 - Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra acidentes na capotagem - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho

Estabelece meios consistentes e reproduzíveis de avaliação das características de suportar cargas de Estruturas Protetoras Contra Acidentes na Capotagem (ROPS) sob carga estática e prescreve os requisitos de desempenho para um corpo-de-prova representa...

Máquinas rodoviárias - Sistema de numeração para identificação do produto
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10261 de 05/2017 - Máquinas rodoviárias - Sistema de numeração para identificação do produto

Especifica os requisitos, conteúdo, estrutura e localização da identificação de um sistema de numeração para identificação do produto para máquinas rodoviárias definidas na NM ISO 6165. Esta Norma não é aplicável para identificação de componentes ou ac...

Máquinas rodoviárias - Máquinas de esteiras - Requisitos de desempenho e procedimentos de ensaio para sistemas de frenagem
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10265 de 12/2013 - Máquinas rodoviárias - Máquinas de esteiras - Requisitos de desempenho e procedimentos de ensaio para sistemas de frenagem

Especifica os critérios mínimos de desempenho e métodos de ensaio para possibilitar avaliação uniforme dos sistemas de freio de serviço, secundário e estacionamento de máquinas de esteiras. Aplica-se a máquinas de esteiras autopropulsoras, com uma vel...

Máquinas rodoviárias - Tratores com lâminas - Terminologia e especificações comerciais
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO6747 de 01/2001 - Máquinas rodoviárias - Tratores com lâminas - Terminologia e especificações comerciais

Estabelece a terminologia e o conteúdo das especificações de literatura comercial para tratores autopropulsores de rodas e esteiras providos de lâminas e seus equipamentos. Aplica-se a tratores com lâminas para máquinas rodoviárias.

Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 2: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore vertical ou com cabeçotes universais com eixo rotativo primário vertical (eixo Z - vertical)
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-2 de 05/2003 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 2: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore vertical ou com cabeçotes universais com eixo rotativo primário vertical (eixo Z - vertical)

Especifica os ensaios geométricos para centros de usinagem (ou fresadoras, mandrilhadoras, etc. comandadas numericamente, onde aplicável) com eixo árvore vertical (isto é, eixo Z - vertical).

Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 9: Avaliação dos tempos de operação nas trocas de ferramenta e troca de palete
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-9 de 04/2004 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 9: Avaliação dos tempos de operação nas trocas de ferramenta e troca de palete

Especifica certas condições de ensaios normalizados de acesso a períodos convencionais de tempos de operação, utilizados pela máquina ao se utilizar diferentes funções de corte em metais. Esta considera dois tipos de tempos de operação, denominados pel...

Condições de ensaio para fresadoras comandadas manualmente com mesa de altura fixa - Ensaio de exatidão - Parte 1: Máquinas com eixo árvore horizontal
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO1984-1 de 06/2004 - Condições de ensaio para fresadoras comandadas manualmente com mesa de altura fixa - Ensaio de exatidão - Parte 1: Máquinas com eixo árvore horizontal

Especifica os ensaios geométricos e os de usinagem, de aplicação geral e as fresadoras de exatidão normal com mesa de altura fixa e com eixo árvore horizontal. Também especifica as tolerâncias aplicadas correspondentes aos ensaios mencionados.

Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 8: Avaliação do desempenho de contorno nos três planos de coordenadas
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-8 de 04/2004 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 8: Avaliação do desempenho de contorno nos três planos de coordenadas

Especifica um método de verificação do desempenho de contorno de centros de usinagem (ou fresadoras controladas numericamente etc., quando aplicável) conduzindo os ensaios circulares nos três planos de coordenadores (XY, YZ e XZ) e pela avaliação do d...

Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 5: Exatidão e repetitividade de posicionamento dos paletes porta peças
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-5 de 12/2003 - Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 5: Exatidão e repetitividade de posicionamento dos paletes porta peças

Especifica os ensaios pretendidos para avaliar repetitividade de posicionamento dos palete individuais e a exatidão total do posicionamento de um conjunto de palete associados com uma máquina específica.

Código de ensaio para máquinas-ferramenta - Parte 3: Determinação de efeitos térmicos
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO230-3 de 12/2003 - Código de ensaio para máquinas-ferramenta - Parte 3: Determinação de efeitos térmicos

Define três métodos de ensaio: ensaio de erro de variação de temperatura ambiental (EVTA); distorção térmica causada pela rotação de eixo-árvore; distorção térmica causada pelo movimento dos eixos lineares.

Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 3: Ensaios geométricos para máquinas com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z-vertical)
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-3 de 05/2003 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 3: Ensaios geométricos para máquinas com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z-vertical)

Especifica os ensaios geométricos para centros de usinagem (ou fresadoras, mandriladoras, etc. comandadas numericamente onde aplicável) com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z - vertical).

Máquinas rodoviárias - Avaliações de laboratório de estruturas protetoras - Especificações para o volume de deflexão-limitação
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO3164 de 01/2001 - Máquinas rodoviárias - Avaliações de laboratório de estruturas protetoras - Especificações para o volume de deflexão-limitação

Especifica o volume de deflexão-limiação (DLV) para ser utilizado quando realizar avaliações de laboratório de estruturas que provêem proteção aos operadores de máquinas rodoviárias.

Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 6: Exatidão de avanços, velocidades e interpolações
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-6 de 12/2003 - Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 6: Exatidão de avanços, velocidades e interpolações

Especifica alguns ensaios cinemáticos para centros de usinagem, referindo-se às velocidades dos eixos árvore, avanços dos eixos lineares individuais CN e a exatidão das trajetórias descritas pelos movimentos simultâneos de dois ou mais eixos lineares C...

Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 2: Determinação da exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos de máquinas-ferramenta a comando numérico
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO230-2 de 12/1999 - Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 2: Determinação da exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos de máquinas-ferramenta a comando numérico

Especifica métodos de ensaio e avaliação da exatidão e repetitividade de posicionamento dos eixos de máquinas-ferramenta controladas numericamente, por medida direta dos eixos independentes na máquina. Os métodos descritos aplicam-se igualmente para ei...

Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 4: Exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos lineares e rotativos
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO10791-4 de 12/1999 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 4: Exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos lineares e rotativos

Especifica as tolerâncias que se aplicam aos ensaios de posicionamento para eixos lineares, até 2000 mm de comprimento, e eixos rotativos de centros de usinagem

Código de ensaios de máquinas-ferramenta - Parte 1: Exatidão geométrica de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO230-1 de 11/1999 - Código de ensaios de máquinas-ferramenta - Parte 1: Exatidão geométrica de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento

Padroniza métodos de ensaio de exatidão de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento, por meio de verificações geométricas e práticas. Estes métodos também podem ser aplicados a outros tipos de máquinas industriais onde verif...

Máquinas rodoviárias - Pá-carregadeiras - Terminologia e especificações comerciais
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO7131 de 06/1999 - Máquinas rodoviárias - Pá-carregadeiras - Terminologia e especificações comerciais

Estabelece a terminologia e o conteúdo das especificações de literatura comercial para pá-carregadeiras autopropulsoras de rodas e esteiras e seus equipamentos.

Comando numérico de máquinas - Símbolos
Vigente
add_shopping_cart
star_border
NM-ISO2972 de 01/1998 - Comando numérico de máquinas - Símbolos

Especifica uma série de símbolos normalizados para a identificação e apresentação de funções de controle em máquinas-ferramenta a comando numérico (CN). Os símbolos aqui representados são específicos para aplicações em comando numérico. Em máquinas-fer...

Concreto - Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos

NM101 de 01/1996 - Concreto - Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos

  • Prescreve método de ensaio para determinação da resistência à compressão de corpos-de-prova cilíndricos de concreto. Concreto - Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos
Mercosul
Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores

NM-ISO13852 de 05/2003 - Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores

  • Estabelece valores para distâncias de segurança, de modo a impedir acesso à zona de perigo, pelos membros superiores de pessoas com idade maior ou igual a três anos. Essas distâncias se aplicam quando, por si só, são suficientes para garantir segurança... Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores
Mercosul
Segurança de máquinas - Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano

NM-ISO13854 de 05/2003 - Segurança de máquinas - Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano

  • Permiti ao usuário (por exemplo, elaboradores de normas, projetistas de máquinas) evitar perigos em zonas de esmagamento. Especifica as folgas mínimas relativas às partes do corpo humano e é aplicável quando segurança adequada é obtida através deste mé... Segurança de máquinas - Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano
Mercosul
Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores

NM-ISO13853 de 11/2003 - Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores

  • Estabelece valores para distâncias de segurança, de modo a impedir acesso e obstruir o livre acesso à zonas de perigo, pelos membros inferiores de pessoas com idade maior ou igual a 14 anos. Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores
Mercosul
Segurança de máquinas - Dispositivos de intertravamento associados a proteções - Princípios para projeto e seleção

NM273 de 12/2001 - Segurança de máquinas - Dispositivos de intertravamento associados a proteções - Princípios para projeto e seleção

  • Especifica os princípios para o projeto e seleção, independentemente da natureza da fonte de energia, de dispositivos de intertravamento associados à proteções. Segurança de máquinas - Dispositivos de intertravamento associados a proteções - Princípios para projeto e seleção
Mercosul
Segurança de máquinas - Proteções - Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções fixas e móveis

NM272 de 12/2001 - Segurança de máquinas - Proteções - Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções fixas e móveis

  • Fixa requisitos gerais para o projeto e construção de proteções, desenvolvidas principalmente para a proteção de pessoas de perigos mecânicos. Segurança de máquinas - Proteções - Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções fixas e móveis
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra objetos cadentes - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho (ISO 3449:2005, IDT)

NM-ISO3449 de 09/2007 - Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra objetos cadentes - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho (ISO 3449:2005, IDT)

  • Especifica os ensaios de laboratório para medição das características estruturais e provê os requisitos de desempenho mediante um ensaio representativo de uma estrutura protetora contra objetos cadentes (FOPS). Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra objetos cadentes - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho (ISO 3449:2005, IDT)
Mercosul
Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 7: Exatidão da peça-teste acabada

NM-ISO10791-7 de 12/1999 - Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 7: Exatidão da peça-teste acabada

  • Especifica uma série de ensaios de corte, sob condições de acabamento de peças-teste padronizadas, assim como as características e dimensões das mesmas. Tem a finalidade de fornecer requisitos mínimos para a avaliação da exatidão de corte da máquina. E... Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 7: Exatidão da peça-teste acabada
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Sistemas de frenagem de máquinas equipadas com pneus - Requisitos de sistemas e de desempenho e procedimentos de ensaio

NM-ISO3450 de 01/2001 - Máquinas rodoviárias - Sistemas de frenagem de máquinas equipadas com pneus - Requisitos de sistemas e de desempenho e procedimentos de ensaio

  • Especifica o desempenho mínimo e o critério de ensaio para sistemas de freio para possibilitar avaliação uniforme da capacidade de frenagem de máquinas rodoviárias que operam em canteiro de obras ou trafegam em vias públicas. Máquinas rodoviárias - Sistemas de frenagem de máquinas equipadas com pneus - Requisitos de sistemas e de desempenho e procedimentos de ensaio
Mercosul
Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 4: Ensaios circulares para máquinas-ferramenta com comando numérico

NM-ISO230-4 de 12/2001 - Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 4: Ensaios circulares para máquinas-ferramenta com comando numérico

  • Especifica métodos de ensaio e avalia a histerese circular, o desvio circular e radial das trajetórias circulares que são produzidos pelos movimentos simultâneos de dois eixos lineares. Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 4: Ensaios circulares para máquinas-ferramenta com comando numérico
Mercosul
Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 1: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore horizontal e com cabeçotes acessórios (eixo Z - horizontal)

NM-ISO10791-1 de 01/2002 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 1: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore horizontal e com cabeçotes acessórios (eixo Z - horizontal)

  • Aplica-se aos centros de usinagem que possuem basicamente 4 eixos comandados numericamente, dos quais 3 são lineares (X, Y e Z) até 2000 mm de comprimento e um é rotativo (B') , mas também refere-se aos movimentos suplementares como dos eixos árvores d... Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 1: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore horizontal e com cabeçotes acessórios (eixo Z - horizontal)
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra acidentes na capotagem - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho

NM-ISO3471 de 12/1999 - Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra acidentes na capotagem - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho

  • Estabelece meios consistentes e reproduzíveis de avaliação das características de suportar cargas de Estruturas Protetoras Contra Acidentes na Capotagem (ROPS) sob carga estática e prescreve os requisitos de desempenho para um corpo-de-prova representa... Máquinas rodoviárias - Estruturas protetoras contra acidentes na capotagem - Ensaios de laboratório e requisitos de desempenho
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Sistema de numeração para identificação do produto

NM-ISO10261 de 05/2017 - Máquinas rodoviárias - Sistema de numeração para identificação do produto

  • Especifica os requisitos, conteúdo, estrutura e localização da identificação de um sistema de numeração para identificação do produto para máquinas rodoviárias definidas na NM ISO 6165. Esta Norma não é aplicável para identificação de componentes ou ac... Máquinas rodoviárias - Sistema de numeração para identificação do produto
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Máquinas de esteiras - Requisitos de desempenho e procedimentos de ensaio para sistemas de frenagem

NM-ISO10265 de 12/2013 - Máquinas rodoviárias - Máquinas de esteiras - Requisitos de desempenho e procedimentos de ensaio para sistemas de frenagem

  • Especifica os critérios mínimos de desempenho e métodos de ensaio para possibilitar avaliação uniforme dos sistemas de freio de serviço, secundário e estacionamento de máquinas de esteiras. Aplica-se a máquinas de esteiras autopropulsoras, com uma vel... Máquinas rodoviárias - Máquinas de esteiras - Requisitos de desempenho e procedimentos de ensaio para sistemas de frenagem
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Tratores com lâminas - Terminologia e especificações comerciais

NM-ISO6747 de 01/2001 - Máquinas rodoviárias - Tratores com lâminas - Terminologia e especificações comerciais

  • Estabelece a terminologia e o conteúdo das especificações de literatura comercial para tratores autopropulsores de rodas e esteiras providos de lâminas e seus equipamentos. Aplica-se a tratores com lâminas para máquinas rodoviárias. Máquinas rodoviárias - Tratores com lâminas - Terminologia e especificações comerciais
Mercosul
Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 2: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore vertical ou com cabeçotes universais com eixo rotativo primário vertical (eixo Z - vertical)

NM-ISO10791-2 de 05/2003 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 2: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore vertical ou com cabeçotes universais com eixo rotativo primário vertical (eixo Z - vertical)

  • Especifica os ensaios geométricos para centros de usinagem (ou fresadoras, mandrilhadoras, etc. comandadas numericamente, onde aplicável) com eixo árvore vertical (isto é, eixo Z - vertical). Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 2: Ensaios geométricos para máquinas com eixo árvore vertical ou com cabeçotes universais com eixo rotativo primário vertical (eixo Z - vertical)
Mercosul
Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 9: Avaliação dos tempos de operação nas trocas de ferramenta e troca de palete

NM-ISO10791-9 de 04/2004 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 9: Avaliação dos tempos de operação nas trocas de ferramenta e troca de palete

  • Especifica certas condições de ensaios normalizados de acesso a períodos convencionais de tempos de operação, utilizados pela máquina ao se utilizar diferentes funções de corte em metais. Esta considera dois tipos de tempos de operação, denominados pel... Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 9: Avaliação dos tempos de operação nas trocas de ferramenta e troca de palete
Mercosul
Condições de ensaio para fresadoras comandadas manualmente com mesa de altura fixa - Ensaio de exatidão - Parte 1: Máquinas com eixo árvore horizontal

NM-ISO1984-1 de 06/2004 - Condições de ensaio para fresadoras comandadas manualmente com mesa de altura fixa - Ensaio de exatidão - Parte 1: Máquinas com eixo árvore horizontal

  • Especifica os ensaios geométricos e os de usinagem, de aplicação geral e as fresadoras de exatidão normal com mesa de altura fixa e com eixo árvore horizontal. Também especifica as tolerâncias aplicadas correspondentes aos ensaios mencionados. Condições de ensaio para fresadoras comandadas manualmente com mesa de altura fixa - Ensaio de exatidão - Parte 1: Máquinas com eixo árvore horizontal
Mercosul
Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 8: Avaliação do desempenho de contorno nos três planos de coordenadas

NM-ISO10791-8 de 04/2004 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 8: Avaliação do desempenho de contorno nos três planos de coordenadas

  • Especifica um método de verificação do desempenho de contorno de centros de usinagem (ou fresadoras controladas numericamente etc., quando aplicável) conduzindo os ensaios circulares nos três planos de coordenadores (XY, YZ e XZ) e pela avaliação do d... Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 8: Avaliação do desempenho de contorno nos três planos de coordenadas
Mercosul
Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 5: Exatidão e repetitividade de posicionamento dos paletes porta peças

NM-ISO10791-5 de 12/2003 - Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 5: Exatidão e repetitividade de posicionamento dos paletes porta peças

  • Especifica os ensaios pretendidos para avaliar repetitividade de posicionamento dos palete individuais e a exatidão total do posicionamento de um conjunto de palete associados com uma máquina específica. Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 5: Exatidão e repetitividade de posicionamento dos paletes porta peças
Mercosul
Código de ensaio para máquinas-ferramenta - Parte 3: Determinação de efeitos térmicos

NM-ISO230-3 de 12/2003 - Código de ensaio para máquinas-ferramenta - Parte 3: Determinação de efeitos térmicos

  • Define três métodos de ensaio: ensaio de erro de variação de temperatura ambiental (EVTA); distorção térmica causada pela rotação de eixo-árvore; distorção térmica causada pelo movimento dos eixos lineares. Código de ensaio para máquinas-ferramenta - Parte 3: Determinação de efeitos térmicos
Mercosul
Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 3: Ensaios geométricos para máquinas com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z-vertical)

NM-ISO10791-3 de 05/2003 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 3: Ensaios geométricos para máquinas com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z-vertical)

  • Especifica os ensaios geométricos para centros de usinagem (ou fresadoras, mandriladoras, etc. comandadas numericamente onde aplicável) com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z - vertical). Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 3: Ensaios geométricos para máquinas com cabeçotes universais integrados e indexados ou contínuos (eixo Z-vertical)
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Avaliações de laboratório de estruturas protetoras - Especificações para o volume de deflexão-limitação

NM-ISO3164 de 01/2001 - Máquinas rodoviárias - Avaliações de laboratório de estruturas protetoras - Especificações para o volume de deflexão-limitação

  • Especifica o volume de deflexão-limiação (DLV) para ser utilizado quando realizar avaliações de laboratório de estruturas que provêem proteção aos operadores de máquinas rodoviárias. Máquinas rodoviárias - Avaliações de laboratório de estruturas protetoras - Especificações para o volume de deflexão-limitação
Mercosul
Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 6: Exatidão de avanços, velocidades e interpolações

NM-ISO10791-6 de 12/2003 - Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 6: Exatidão de avanços, velocidades e interpolações

  • Especifica alguns ensaios cinemáticos para centros de usinagem, referindo-se às velocidades dos eixos árvore, avanços dos eixos lineares individuais CN e a exatidão das trajetórias descritas pelos movimentos simultâneos de dois ou mais eixos lineares C... Condições de ensaios para centros de usinagem - Parte 6: Exatidão de avanços, velocidades e interpolações
Mercosul
Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 2: Determinação da exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos de máquinas-ferramenta a comando numérico

NM-ISO230-2 de 12/1999 - Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 2: Determinação da exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos de máquinas-ferramenta a comando numérico

  • Especifica métodos de ensaio e avaliação da exatidão e repetitividade de posicionamento dos eixos de máquinas-ferramenta controladas numericamente, por medida direta dos eixos independentes na máquina. Os métodos descritos aplicam-se igualmente para ei... Código de ensaio de máquinas-ferramenta - Parte 2: Determinação da exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos de máquinas-ferramenta a comando numérico
Mercosul
Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 4: Exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos lineares e rotativos

NM-ISO10791-4 de 12/1999 - Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 4: Exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos lineares e rotativos

  • Especifica as tolerâncias que se aplicam aos ensaios de posicionamento para eixos lineares, até 2000 mm de comprimento, e eixos rotativos de centros de usinagem Condições de ensaio para centros de usinagem - Parte 4: Exatidão e repetitividade de posicionamento de eixos lineares e rotativos
Mercosul
Código de ensaios de máquinas-ferramenta - Parte 1: Exatidão geométrica de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento

NM-ISO230-1 de 11/1999 - Código de ensaios de máquinas-ferramenta - Parte 1: Exatidão geométrica de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento

  • Padroniza métodos de ensaio de exatidão de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento, por meio de verificações geométricas e práticas. Estes métodos também podem ser aplicados a outros tipos de máquinas industriais onde verif... Código de ensaios de máquinas-ferramenta - Parte 1: Exatidão geométrica de máquinas-ferramenta operando sem carga ou em condições de acabamento
Mercosul
Máquinas rodoviárias - Pá-carregadeiras - Terminologia e especificações comerciais

NM-ISO7131 de 06/1999 - Máquinas rodoviárias - Pá-carregadeiras - Terminologia e especificações comerciais

  • Estabelece a terminologia e o conteúdo das especificações de literatura comercial para pá-carregadeiras autopropulsoras de rodas e esteiras e seus equipamentos. Máquinas rodoviárias - Pá-carregadeiras - Terminologia e especificações comerciais
Mercosul
Comando numérico de máquinas - Símbolos

NM-ISO2972 de 01/1998 - Comando numérico de máquinas - Símbolos

  • Especifica uma série de símbolos normalizados para a identificação e apresentação de funções de controle em máquinas-ferramenta a comando numérico (CN). Os símbolos aqui representados são específicos para aplicações em comando numérico. Em máquinas-fer... Comando numérico de máquinas - Símbolos
Mercosul